Parlendas

As parlendas são versinhos com temática infantil que são recitados em brincadeiras de crianças. São usadas por adultos também para embalar, entreter e distrair as crianças. Possuem uma rima fácil e, por isso, são populares entre as crianças. As parlendas também podem ser trabalhadas na alfabetização inicial.
Muitas parlendas são usadas em jogos para melhorar o relacionamento entre os participantes ou apenas por diversão.  Algumas são antigas e, outras, foram criadas, há décadas.
Elas fazem parte do folclore brasileiro, pois representam uma importante tradição cultural do nosso povo. 
Confira algumas parlendas a seguir:
Cadê o toucinho que estava aqui?

- Cadê o toucinho que estava aqui?
- O Gato comeu
- Cadê o gato?
- Fugiu pro mato
- Cadê o mato?
- O fogo queimou
- Cadê o fogo?
- A água apagou
- Cadê a água?
- O Boi bebeu
- Cadê o boi?
- Está Amassando trigo
- Cadê o trigo?
- A galinha espalhou
- Cadê a galinha?
- Está Botando ovo
- Cadê o ovo?
- O ovo quebrou!
---------------------------------

Um, dois, feijão com arroz, 
- Um, dois, feijão com arroz,      
- Três, quatro, feijão no prato,
- Cinco, seis, feijão inglês,
- Sete, oito, comer biscoitos,
- Nove, dez, comer pastéis.
---------------------------------

Hoje é domingo

- Hoje é domingo
- Pé de cachimbo
- Cachimbo é de barro         
- Dá no jarro
- O jarro é fino dá no sino
- O sino é de ouro dá no touro
- O touro é valente dá na gente
- A gente é fraco
- Cai no buraco
- O buraco é fundo acabou-se o mundo.
---------------------------------

Uni duni tê

- Uni duni tê
- Salame minguê
- Um sorvete colorê
- O escolhido foi você 
---------------------------------

Luar, luar

- Luar, luar
- Pega esse menino
- E me ajuda a criar 
---------------------------------

Pinta lainha

- Pinta lainha
- De cana vitinha
- Entrou na barra de vinte e cinco
- Mingorra, mingorra
- E cate forra tire essa mão
- Que já está forra.
---------------------------------

Boca de forno

- Boca de forno
- Forno
- Tira um bolo
- Bolo
- Se o mestre mandar!
- Faremos todos!
- E se não for?
- Bolo!  
---------------------------------

Boca de forno

- Boca de forno
- Forno
- Tira um bolo
- Bolo
- Se o mestre mandar?
- Faremos todos!
- Mourão, mourão
- Tome teu dente podre
- Dá cá meu são.
- Quem cochicha
- O rabo espicha
- Come pão
- Com lagartixa. 
---------------------------------

Rei, capitão

- Rei, capitão
- Soldado, ladrão
- Moça bonita
- Do meu coração 
---------------------------------

Santa Clara, clareou
- Santa Clara, clareou
- São Domingo alumiou
- Vai chuva, vem sol
- Vai chuva, vem sol
- Pra enxugar o meu lençol. 
---------------------------------


Morava na areia, sereia
- Morava na areia, sereia
- Encontrei o meu amor, sereia
- Eprendi a namorar, sereia
- Lá no fundo do mar
- Oh! Sereia
---------------------------------

Santa luzia 
- Santa luzia
- Passou por aqui
- Com seu cavalinho
- Comendo capim
- Santa luzia
- Passou por aqui
- Tire esse cisco
- Que caiu aqui 

---------------------------------

São Lunguim

- São Lunguim, São Lunguim
- Me ache este ....
- Que eu dou três pulim. 
---------------------------------

Uma pulga na balança

- Uma pulga na balança
- Deu um pulo
- E foi a França

---------------------------------
Era uma bruxa

- Era uma bruxa
- À meia-noite
- Em um castelo mal-assombrado
- Com uma faca na mão
- Passando manteiga no pão
A Galinha
- A galinha pintadinha
- E o galo carijó
- A galinha veste saia
- E o galo Paletó
- A galinha ficou doente
- E o galo nem ligou
- O pintinho que era inteligente
- Foi chamar o Senhor Doutor
- O doutor era o peru
- A enfermeira era o tatu
- E a agulha da injeção
- Era a pena do pavão
- Senhor doutor, o remédio não adiantou
- Quando foi meia-noite
- A galinha se espichou.
---------------------------
Pisei na pedrinha
- Pisei na pedrinha
- A pedrinha rolou
- Contei pra mamãe
- Mamãe nem ligou
- Pisquei pro mocinho
- Mocinho gostou
- Contei pro papai
- Chinelo cantou 
-----------------------------


O Saci
- O Saci
- Eu fui à mata.
- Sabe o que vi?
- Um bicho feio...
- Era o Saci!
- Era magrinho
- Feito um espeto.
- Olhos de fogo,
- E era preto.
- Lá vem o bicho,
- Com muito estalo,
- Assobiando,
- No seu cavalo.
- Eu fiquei branco,
- Tremi...Tremi...
- Nunca mais quero
- ver o sa Saci! 
-----------------------------

Meio dia
- Meio-dia
- Macaco assobia
- Panela no fogo
- Barriga vazia. 
-----------------------------

Quem cochicha
- Quem cochicha
- O rabo espicha
- Come pão
- Com lagartixa
- Quem reclama 
- O rabo inflama
- Que escuta
- O rabo encurta 
-----------------------------

Galinha gorda
- Galinha gorda!
- Gorda ela!
- Cadê o sal?
- Está na panela!
- Vamos a ela?
- Vamos!  
-----------------------------

Lá em cima do piano

- Lá em cima do piano
- Tem um copo de veneno
- Quem bebeu morreu
- O culpado não fui eu
- Lá na rua vinte e quatro
- A mulher matou um gato
- Com a sola do sapato
- O sapato estremeceu
- A mulher morreu
- O culpado não fui eu.  
-----------------------------

Corre Cutia

- Corre cutia
- Na casa da tia.
- Corre cipó
- Na casa da vó.
- Lencinho na mão
- Caiu no chão!
- Moça bonita
- Do meu coração.
- Posso jogar?
- Pode!
- Ninguém vai olhar?
- Não!
-----------------------------

 Balança, caixão!
- Balança, caixão!
- Balança você!
- Dá um tapa no bumbum
- E vai se esconder!  
-----------------------------

 Chuva, choveu


- Chuva, choveu
- Goteira pingou
- Pergunte ao papudo
- Se o papo molhou
-----------------------------

Fui à feira
- Fui à feira
- Encontrei uma coruja
- Pisei no rabo dela
- Ela me chamou de cara suja
 -----------------------------


Bam ba la lão

- Bam ba la lão
- Senhor capitão,
- Espada na cinta,
- Ginete na mão.
 -----------------------------


Meu burrinho sabe ler
- A B C D
- Meu burrinho sabe ler
- Minha mãe mandou ir na escola
- Para ele aprender!
Domínio público

Um comentário:

  1. Brincadeiras que lembram a minha infância.
    Brincadeiras essas que as crianças de hoje desconhecem... que pena!!!

    ResponderExcluir