Taxonomia e Sistemática - 39 Exercícios com gabarito

01. (ANÁPOLIS) Dois seres vivos pertencentes à mesma ordem são necessariamente:

a) da mesma raça;
b) da mesma espécie;
c) do mesmo gênero;
d) da mesma classe;
e) da mesma família.

02. (PUC-SP) São órgãos homólogos:

a) nadadeiras de peixes e parápodes de poliquetas;
b) nadadeiras anteriores de uma baleia e asa de morcego;
c) brânquias de camarão e brânquias de peixes;
d) nadadeiras peitorais de peixes e braços de polvo;
e) asas de aves e asas de insetos.

03. (CESGRANRIO) Se reunirmos as famílias Canidae (cães), Ursidae (ursos), Hienidae (hienas) e Felidae (leões), veremos que todos são carnívoros, portanto, pertencem à(ao) mesma(o):

a) espécie
b) ordem
c) subespécie
d) família
e) gênero

04. (FUND. CARLOS CHAGAS) Qual dos seguintes grupos inclui organismos mais relacionados entre si?

a) filo
b) família
c) gênero
d) espécie
e) raça

05. (FIUBE) O nome científico do leão é Panthera leo, do gato é Felis domesticus. Os dois animais pertencem a diferentes:

a) filos
b) famílias
c) ordens
d) espécies
e) reinos

06. (UNISA) Com base nas regras de nomenclatura, indique a alternativa incorreta:

a) Homo sapiens sapiens;
b) Trypanosoma Cruzi;
c) Rana esculenta marmorata;
d) Rhea americana americana;
e) Anopheles Nyssurhynchus darlingi.

07. (GOIÂNIA) Os organismos eucariontes, unicelulares, autótrofos ou heterótrofos são classificados como:

a) monera
b) protistas
c) metazoários
d) metáfitos
e) vírus

08. (UNIP) A seqüência hierárquica das categorias taxonômicas é:

a) filo, classe, ordem, família, gênero;
b) gênero, família, ordem, filo, classe;
c) filo, classe, família, ordem, gênero;
d) classe, filo, gênero, família, ordem;
e) ordem, classe, filo, gênero, família.

09. (UPE) A classificação atual dos seres vivos considera as semelhanças anatômicas, a composição química e estrutura genética. Assim, o nome de cada espécie deve ser constituído por duas palavras: a primeira designando o gênero; e a segunda, a espécie. No Brasil, existem cerca de 118 espécies de primatas, sendo considerado o país com o maior número de espécies. A Amazônia é o bioma com a maior diversidade, onde é possível se encontrarem três delas: Alouatta belzebul, Ateles belzebuth e Ateles paniscus. 

Com base nessas considerações e nos princípios que regem essa classificação, é CORRETO afirmar que

a) Alouatta belzebul e Ateles belzebuth possuem o maior grau de parentesco que entre Ateles paniscus e Ateles belzebuth.
b) Ateles paniscus e Ateles belzebuth são espécies com grau de parentesco no nível de gênero.
c) Alouatta belzebul e Ateles belzebuth são espécies com grau de parentesco no nível de espécie.
d) Ateles paniscus e Ateles belzebuth possuem o mesmo gênero, mas são de famílias diferentes.
e) Alouatta belzebul e Ateles belzebuth, apesar de gêneros diferentes, pertencem à mesma espécie.

10(UFPB) Considerando-se as características gerais dos indivíduos dos reinos Monera, Fungi e Protista, é correto afirmar que, entre os representantes do(s) reino(s):

a) monera, existem organismos eucariontes.
b) fungi, existem organismos fotossintetizantes.
c) protista, não existem organismos eucariontes.
d) monera e fungi, existem organismos autótrofos.
e) monera, existem organismos fotossintetizantes.

11. (FGV-SP) A taxonomia fornece meios para esclarecer a evolução dos organismos, assim como suas inter-relações. Novos organismos são descobertos com frequência e a função dos taxonomistas é classificá-los de forma que reflitam as relações filogenéticas. A principal missão do taxonomista é conhecer a variabilidade e separá-la em intra e interpopulacional. Sabendo-se que as características morfológicas têm auxiliado os taxonomistas na classificação dos seres vivos, pode-se afirmar que

a) a morfologia de uma célula é suficiente para esclarecer suas relações filogenéticas.
b) as características morfológicas são úteis na identificação de organismos como bactérias, por exemplo, diferenciando estruturas como endósporos ou flagelos.
d) os organismos macro ou microscópicos são morfologicamente diversificados, portanto, os critérios morfo - lógicos não criam dúvidas na separação dos mesmos.
d) desde os tempos de Aristóteles, a classificação dos organismos vivos é baseada apenas em características morfológicas evidentes.
e) a morfologia é, ainda, a melhor ferramenta disponível visando a classificação, uma vez que a biologia molecular e a genética têm se mostrado inconclusivas, devido à grande variabilidade genética das espécies.

12. (UFRS) Considere os quatro táxons a seguir relacionados.

1. 'Bufo dorbignyi' 
2. 'Lystrophis dorbignyi' 
3. 'Didelphis albiventris' 
4. 'Didelphis marsupialis' 

Em relação a eles, é correto afirmar que

a) todos pertencem à mesma espécie.
b) há, entre os quatro táxons, apenas duas espécies diferentes. 
c) os táxons 1 e 2 são de gêneros diferentes, mas da mesma espécie. 
d) os táxons 3 e 4 são de espécies diferentes, mas do mesmo gênero. 
e) os táxons 1 e 2 são da mesma subespécie. 

13. (UFPEL) Karl von Linné (1707-1778), denominado Lineu, em Português, através de sua obra "Systema Naturae", propôs uma forma de denominar os seres vivos por intermédio do que chamou de "unidade básica de classificação" ou ESPÉCIE. Como exemplo, a ave conhecida popularmente como quero-quero é classificada, segundo o modelo de Lineu, como 'Vanellus chilensis'. 
De acordo com esses conceitos, analise as afirmativas a seguir. 
I. O nome específico de um organismo é sempre composto de duas palavras: a primeira designa o gênero e a segunda, a espécie. 
II. O nome específico do quero-quero é 'chilensis' e o nome genérico é 'Vanellus'. 
III. O nome específico do quero-quero é binominal, e 'Vanellus' é seu epíteto específico. 
IV. O nome específico do quero-quero é binominal, e Chilensis, assim escrito, é seu epíteto específico. 
V. A espécie 'Vanellus chilensis' inclui o gênero seguido de seu epíteto específico: 'chilensis'. 
Estão corretas apenas as afirmativas 

a) II e III. 
b) IV e V. 
c) II e IV. 
d) I e III. 
e) II e V. 

14. (FGV) O sistema de classificação taxionômica ainda hoje utilizado foi elaborado por Karl von Linné 101 anos antes de Charles Darwin publicar A Origem das Espécies. Para Lineu, a invariabilidade das espécies é a condição da ordem na natureza. Para Darwin, nossas classificações deveriam se tornar, até onde for possível adequá-las, genealogias. Já no início do atual século, o pesquisador norte-americano Kevin de Queiroz propôs que adotássemos um novo código de classificação, no qual se perderiam as categorias taxionômicas mais amplas do sistema lineano (praticamente do gênero para cima) e que fosse norteado pelas relações de proximidade evolutiva entre os seres vivos.

A partir do texto, pode-se dizer que: 

a) o sistema lineano de classificação não permite visualizar as relações de ancestralidade e descendência entre os seres vivos.
b) mesmo após a publicação do livro de Darwin, o sistema lineano foi mantido por esclarecer acerca das relações evolutivas entre as espécies. 
c) para Darwin, a classificação taxionômica deveria ser readequada para que refletisse o grau de semelhança morfológica entre as espécies. 
d) para o pesquisador Kevin de Queiroz, as espécies não têm importância quando da construção de um sistema de classificação taxionômica. 
e) Lineu antecipou, em 101 anos, os conceitos evolutivos posteriormente postulados por Darwin, conceitos estes atualmente questionados por Kevin de Queiroz. 

15. (FGV-SP) Assim como algumas espécies formam um gênero, gê - neros relacionados formam uma família, e assim por diante. Portanto, na hierarquia taxonômica é correto afirmar que

a) as classes são agrupadas em filos.
b) os domínios são agrupados em reinos.
c) os reinos são agrupados em domínios.
d) as espécies são agrupadas em subespécies.
e) os gêneros são agrupados em classes. 

16. (UFAM) A ciência agrupa os seres vivos conforme as características que eles apresentam em comum, onde cada grupo possui um subgrupo, o qual possui outro subgrupo, e a cada reagrupamento as similaridades ficam cada vez mais acentuadas. A classificação básica dos seres vivos está constituída, em ordem decrescente, com as seguintes categorias taxonômicas principais:

a) reino ou divisão, filo, classe, ordem, família, espécie e variedade.
b) divisão, reino, filo, classe, subclasse, família, ordem, gênero e espécie.
c) filo, reino ou divisão, ordem, classe, família, gênero, espécie e variedade.
d) reino, filo ou divisão, classe, ordem, família, gênero e espécie.
e) reino, filo, classe, divisão, ordem, família, gênero, espécie e subespécie.

17. (FGV) PLANTA OU ANIMAL? CONHEÇA ALGUNS DOS MISTÉRIOS DOS CERIANTOS, ESTES SERES TÃO DIFERENTES DAS DEMAIS ESPÉCIES MARINHAS.
(Terra da Gente, agosto de 2008) 

Os ceriantos são do filo Cnidaria, o mesmo das águasvivas e das anêmonas marinhas. Deste modo, é correto dizer que os ceriantos

a) são animais, reino Animalia, cujos representantes são eucariontes, multicelulares e heterótrofos.
b) são animais, reino Animalia, cujos representantes podem ser unicelulares ou multicelulares, mas exclusivamente eucariontes e heterótrofos.
c) são plantas, reino Plantae, cujos representantes são eucariontes, multicelulares e autótrofos.
d) são plantas, reino Plantae, cujos representantes podem ser unicelulares ou multicelulares, mas exclusiva mente eucariontes e autótrofos.
e) não são plantas nem animais, mas pertencem ao reino Protista, cujos representantes podem ser eucariontes unicelulares heterótrofos ou multicelulares autótrofos.

18. (PUC-PR) O palmito-juçara e o açaí têm como nomes científicos Euterpe edulis e Euterpe oleracea, respectivamente. Pode-se dizer que ambos apresentam os mesmos níveis taxonômicos, exceto:

a) Gênero.
b) Família.
c) Ordem.
d) Divisão.
e) Espécie.

19. (UNILUS-SP) Numa pesquisa desenvolvida na Mata Atlântica forma encontrados os seguintes vegetais: Frullania brasiliensis, Frullania ericoides e Frullania riojaneirensis. De acordo com o estudo taxonômico, podemos concluir que pertencem:

a) À mesma espécie e gênero.
b) À mesma família e gênero.
c) Ao mesmo gênero e espécie.
d) Todos da mesma espécie.
e) Todos da mesma subespécie.

20. (UFLA) De acordo com o sistema universal de classificação, a alternativa que apresenta a sequência de categorias taxonômicas iniciando-se a partir de filo é:

a) Chordata – Mammalia – Carnívora – Canidae – Canis.
b) Chordata – Carnívora – Mammalia – Canidae – Canis.
c) Chordata – Canidae – Carnívora – Mammalia – Canis.
d) Chordata – Mammalia – Canidae – Carnívora – Canis.
e) Chordata – Canis – Mammalia – Canidae – Carnívora.

21. (FUVEST) Caranguejo, caramujo e anêmona-do-mar pertencem a três filos diferentes de animais. A esses mesmos filos, pertencem, respectivamente:

a) Lagosta, lula e estrela-do-mar.
b) Abelha, lesma e água-viva.
c) Camarão, planária e estrela-do-mar.
d) Barata, mexilhão e ouriço-do-mar.
e) Ouriço-do-mar, polvo e água-viva.

22. (UFPR) O conhecimento da biodiversidade é fundamental para sua conservação e para o uso sustentável. No entanto, a biodiversidade sobre a Terra é tão grande que, para estudá-la, faz-se necessário inicialmente nomeá-la. Os seres vivos não podem ser discutidos ou tratados de maneira científica sem que sejam denominados e descritos previamente. Os nomes científicos dão um significado universal de comunicação, uma linguagem essencial do conhecimento da biodiversidade, servindo também como um banco de dados único de informação. É inerente ao ser humano a necessidade de organização dos objetos em grupos, simplificando a informação a fim de facilitar seu entendimento. Nesse contexto se insere a classificação biológica.

Considere as afirmativas a seguir, correlacionadas com o texto acima:

1. As categorias taxonômicas são, em ordem hierárquica: Reino, Filo, Família, Ordem, Classe, Gênero e Espécie.

2. Os seres vivos estão distribuídos nos seguintes reinos: Monera, Protista, Fungi, Metaphyta (Plantae) e Metazoa (Animália).

3. Apartir do texto, deduz-se que as regras de nomenclatura garantem uma única linguagem universal da informação biológica.

4. O processo de identificação de um ser vivo consiste em estabelecer uma correlação de identidade entre o exemplar objeto da identificação e aquele que já foi classificado, definindo assim seu nome científico.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras.

23(UNIVASF) Na caatinga, após as chuvas do início do ano, a paisagem muda, pois as árvores se cobrem de folhas e a fauna se fortalece. Nessa região, vivem animais como: gambá, preá, veado-catingueiro, tatu-peba e o sagui-do-nordeste. Assinale a opção que indica o grupo a que pertence cada um desses mamíferos citados:

a) Marsupialia, Rodentia, Artiodactyla, Edentata e Primates.
b) Rodentia, Marsupialia, Proboscides, Chiroptera e Carnivora.
c) Edentata, Chiroptera, Carnivora, Artiodactyla e Prossimia.
d) Proboscides, Rodentia, Marsupialia, Chiroptera e Carnivora.
e)  Marsupialia, Marsupialia, Artiodactyla, Edentata e Primates.

24. (PUC-PR) Um estudante de Biologia, ao realizar uma pesquisa científica, chegou à conclusão de que um determinado ser vivo apresenta as seguintes características:

– Tem como substância de reserva o glicogênio.

– Apresenta quitina como um dos componentes da membrana celular.

– É pluricelular, muito embora suas células não constituam tecidos diferenciados.

– É eucarionte, porém não sintetiza pigmento fotossintetizante.

Pelas características expostas, conclui-se que o ser vivo pesquisado pertence ao reino:

a) Protista.
b) Fungi.
c) Monera.
d) Plantae.
e) Animalia.

25.  (UNIRIO) Na classificação dos seres vivos, as diferenças entre os grupos de Monera e Protista são bem maiores do que aquelas existentes, por exemplo, entre Briófitas e Pteridófitas. Baseados nessa afirmação, podemos então assegurar que as diferenças entre uma ave e um homem, quando comparadas às que existem entre um inseto e um peixe, são:

a) Menores, porque ave e homem são classificados como cordados.
b) Menores, porque insetos e peixes podem viver em ambientes diferentes.
c) Menores, porque insetos e peixes apresentam sistemas respiratórios diferentes.
d) Maiores, porque as aves surgiram a mais tempo do que os homens.
e) Maiores, porque aves e homens vivem em ambientes completamente diferentes.

26. (UFMG) Assinale a associação correta:

a) Bactéria: clorofilada – autótrofa – eucariótica.
b) Vírus: aclorofilado – heterótrofo – eucariótico.
c) Fungo: aclorofilado – heterótrofo – eucariótico.
d) Protozoário: aclorofilado – autótrofo – procariótico.
e) Alga: clorofilada – heterótrofa – procariótica

27. (URCA) Assinale a alternativa correta relativa à classificação dos seres vivos e suas características gerais:

a) As cyanobacteria possuem como característica principal a ausência de pigmento.
b) As Rhodophyta possuem parede celular de peptoglucano.
c) As Chlorophyta possuem como substância de reserva o glicogênio.
d) As diatomacias possuem parede celular de silicatos.
e) Os fungos ascomycotina possuem amido como substância de reserva.

28(IFAL) Os morcegos são animais acusados injustamente de serem maus, embora a maioria desses mamíferos voadores seja frutívora, extremamente importantes na manutenção das florestas, pois ajudam a dispersar as sementes; os morcegos-vampiro alimentam o mito e provocam reações negativas. A ordem a que pertencem esses animais e:

a) Quirópteros.
b) Cetáceos.
c) Proboscideos.
d) Artiodactilos.
e) Lagomorfos.

29. (URRJ) Numere a segunda coluna de acordo com a primeira e depois assinale a alternativa que contenha a sequência correta:

COLUNA I                         
1. Bacilos.                          
2. Estreptococos.              
3. Estafilococos.                
4. Tétrades.                       
5. Sarcina.                          
6. Espirilo.      
                   
COLUNA II
(   ) Cocos em grupos densos.
(   ) Cocos em grupos aproximadamente cúbicos.
(   ) Cocos em fileira.
(   ) Filamentos helicoidais.
(   ) Bastonete reto em geral de 1 a 15 micra.
(   ) Cocos em grupo de quatro.

a) 3 – 2 – 5 – 6 – 1 – 4.
b) 3 – 5 – 2 – 6 – 1 – 4.
c) 3 – 5 – 2 – 1 – 6 – 4.
d) 3 – 5 – 2 – 6 – 4 – 1.
e) 3 – 5 – 1 – 2 – 4 – 6.

30. (UPE) No clássico Moby Dick, de Herman Melville, a baleia é considerada um tipo de peixe, refletindo o pensamento de uma época. Atualmente, sabe-se que, apesar de o peixe e de a baleia serem animais vertebrados, esta não é um peixe, e o formato de seu corpo se deve à locomoção aquática, situação conhecida como convergência evolutiva. Assinale a alternativa abaixo que contempla a categoria hierárquica da nomenclatura Zoológica, à qual a baleia pertence.

a) Subfilo Urochordata.
b) Classe Mammalia.
c) Ordem Primates.
d) Família Felidae.
e) Gênero Canis.

31. (UFES) Em um trabalho de pesquisa, foram classificados dois mosquitos como sendo: Aedes (Stegomyia) aegypti e Anopheles (Myzomya) gambiae. O grau de semelhança entre esses mosquitos permite que sejam colocados no(a) mesmo(a):

a) Espécie.
b) Subespécie.
c) Gênero.
d) Subgênero.
e) Família.

32.  (CESGRANRIO) Certos fungos são empregados na produção de queijos, sendo responsáveis por sabores característicos. Os fungos Penicillium roquefortii e Penicillium camembertii, por exemplo, são utilizados na fabricação de queijos tipos roquefort e camembert, respectivamente. Pela análise dos nomes científicos acima citados, podemos concluir que esses seres não pertencem ao (à) mesmo(a):
a) Gênero.
b) Classe.
c) Família.
d) Ordem.
e) Espécie.

33. (UDESC) Sobre a classificação biológica, analise as proposições abaixo:

I. Pirâmides de teias alimentares são representações gráficas em forma de árvore nas quais são mostradas as relações de parentesco entre seres vivos.
II. A Fenética agrupa os organismos com o maior número de características fenotípicas possíveis, mesmo que não reflitam a história evolutiva do grupo.
III. Para a Filogenética, a classificação biológica deve refletir o máximo possível as relações de parentesco entre os grupos de seres vivos.
IV. A Cladística procura estabelecer relações de parentesco evolutivo pela escolha criteriosa de características que indiquem realmente a ancestralidade comum entre os grupos, tentando descartar as características decorrentes de convergência evolutiva.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

34. (FMIt-MG) Considere:

I. Homo erectus.
II. Homo sapiens.
III. Homo sapiens neanderthalensis.

Podemos dizer que os indivíduos acima pertencem:

a) À mesma espécie.
b) Ao mesmo gênero.
c) À mesma família.
d) À mesma classe.
e) Três das alternativas estão corretas.

35.  (FUVEST) Um paleontólogo constatou inúmeras semelhanças morfológicas entre os fósseis X e Y, e grandes diferenças entre esses dois e um terceiro fóssil Z. Constatou também acentuada semelhança entre os fóssil Z um quarto fóssil W. Dentre as classificações a seguir, qual apresenta maior concordância com os dados?

a) Os quatro fósseis pertencem à mesma espécie, mas a gêneros diferentes.
b) Cada fóssil pertence a um reino diferente.
c) Os quatro fósseis pertencem ao mesmo filo, sendo que X e Y pertencem a um gênero e Z e W a outro gênero.
d) Os quatro fósseis pertencem ao mesmo filo, sendo que X e Y pertencem a um reino e Z  e W a outro reino.
e) Os quatro fósseis pertencem ao mesmo gênero, sendo X e Y pertencem a um filo e Z e W a outro filo.

36. (PUC-RS) Considerando a hierarquia das categorias taxonômicas, é correto afirmar que dois animais que fazem parte da mesma ordem obrigatoriamente pertencerão …….., e dois animais pertencentes …….. sempre terão maior semelhança entre si:

a) à mesma classe – à mesma espécie
b) à mesma família – ao mesmo gênero
c) ao mesmo gênero – à mesma família
d) ao mesmo gênero – à mesma espécie
e) à mesma espécie – à mesma classe

37. (UERJ) A enorme diversidade das formas de vida sempre encanta aqueles que tentam descrever e classificar as espécies. A taxonomia moderna não leva em consideração apenas as características do animal, mas procura correlacioná-las a outros organismos, baseando-se em estruturas hereditárias. Desse modo, à medida que se analisam as variações na passagem do nível de espécie para o nível do reino, é possível observa que:

a) Diminui a diversidade biológica.
b) Diminui o grau de parentesco.
c) Aumenta a semelhança histofisiológica.
d) Aumenta o número de estruturas comuns.

38. (UFPA) O Museu Emílio Goeldi abriga centenas de animais da fauna amazônica, acessíveis à visitação pública. Lá podemos apreciar a graciosidade do macaco aranha Ateles paniscus. De acordo com a classificação de Linnaeus (1758), o nome científico desse macaco refere:

a) A família e a espécie.
b) A ordem e o gênero.
c) O gênero e a espécie.
d) A família e o gênero.
e) O filo e o gênero.

39. (UNISINOS-RS) Um aluno, ao observar os seres vivos microscópicos de um charco, verifica a grande quantidade de seres eucariontes unicelulares, coloniais ou não, e, com a ajuda da bibliografia, consegue identificar um microrganismo do gênero Euglena, que apresenta características tanto animais como vegetais, sendo autotrófico ou heterotrófico dependendo da presença ou ausência da luz e deslocando-se através de um flagelo.

Considerando o sistema de Classificação de Whittaker (1969), o aluno concluirá, pelas características observadas, que tal organismo pertence ao Reino:

a) Animalia.
b) Metaphyta.
c) Protista.
d) Monera.
e) Dos vírus.



 GABARITO 


0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
0

D
B
B
E
D
E
B
A
B
1
E
B
D
E
A
A
D
A
E
B
2
A
B
B
A
B
A
C
D
A
B
3
B
E
E
A
E
C
A
B
C
C
X|
X||XX||XX|X|X||X|XX|

22 comentários:

  1. Bom dia!
    Muito boas as questões. Agradeço esse apoio!!

    ResponderExcluir
  2. Não entendi esse gabarito??? Me ajudem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os numeors na vertial são dezenas, e os numeros na horizontal são unidades

      Excluir
  3. os numeors na vertial são dezenas, e os numeros na horizontal são unidades

    ResponderExcluir
  4. muito bom esta me ajudando muito sobre o gabarito entendi muito bem

    ResponderExcluir
  5. Sobre o gabarito eu vou explicar bem fácil :Leia da esquerda pra direita começando lá de cima e como se vc tivesse lendo um parágrafo de pulando para a próxima linha do mesmo jeito que vc está lendo isso agora, meu nome é Ailton Josué Damasceno Silva, Bons estudos

    ResponderExcluir
  6. Na questão 06 a resposta é a alternativa E, a alternativa B está errada considerando que a primeira letra do epíteto específico está maiúscula por este motivo também estaria errada. Algum Biólogo aí?caso eu esteja equivocado

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Existem questões repetidas ;)
    Só pra alertar a equipe do site !
    Abraços,
    Victor.

    ResponderExcluir
  8. Olá, esse termo "específico" é a mesma coisa que ESPÉCIE? E a questão l3, nesse gabarito a letra E (II e IV), está errada. A letra B (IV e V) é a alternativa correta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade a alternativa E)II e IV está certa. A afirmativa IV não está correta pois a palavra "Chilensis" está iniciada com a letra maiúscula, nome de espécie inicia com letra minúscula, apenas o gênero inicia com a letra maiúscula.

      Excluir
  9. Não tinha compreendido o gabarito, mas logo após raciocinar, finalmente compreendi.

    ResponderExcluir
  10. q odio desse gabarito, deslike, pessimo

    ResponderExcluir
  11. Amei estas questoes pois gosto de dar trabalhos e provas variadas pois minhas salas são muito cheias, e os alunos não vao colar

    ResponderExcluir