Invertebrados - 30 Exercícios com gabarito

01. (ENEM) As fêmeas de algumas espécies de aranhas, escorpiões e de outros invertebrados predam os machos após a cópula e inseminação. Como exemplo, fêmeas canibais do inseto conhecido como louva-a-deus, Tenodera aridofolia, possuem até 63% da sua dieta composta por machos parceiros. Para as fêmeas, o canibalismo sexual pode assegurar a obtenção de nutrientes importantes na reprodução. Com esse incremento na dieta, elas geralmente produzem maior quantidade de ovos.
BORGES, J. C. Jogo mortal. 
Disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br.
Acesso em: 1 mar. 2012 (adaptado).

Apesar de ser um comportamento aparentemente desvantajoso para os machos, o canibalismo sexual evoluiu nesses táxons animais porque

a) promove a maior ocupação de diferentes nichos ecológicos pela espécie.
b) favorece o sucesso reprodutivo individual de ambos os parentais.
c) impossibilita a transmissão de genes do macho para a prole.
d) impede a sobrevivência e reprodução futura do macho.
e) reduz a variabilidade genética da população.

02. (UFRN) Os poríferos ou esponjas formam, desde o Cambriano, uma fauna relativamente significante; no entanto, sua estrutura e seu comportamento peculiares têm levado alguns estudiosos a considerar que os representantes desse filo demonstram inabilidade em evoluir os sistemas ou os órgãos, diferentemente do que acontece com outros grupos, porque:

a) seu esqueleto constitui um suporte rígido que impede deslocamentos;
b) a ausência de sistemas sensitivos que lhes assegurem defesa os torna vulneráveis à
ação de predadores;
c) a falta de sistema nervoso os impossibilita de se alimentarem de matéria em suspensão;
d) sua fixação a substratos dificulta a captura de algas e, conseqüentemente, sua sobrevivência.

03. (U.F. Pelotas-RS) As esponjas constituem o Filo Porífera do Reino Animal, sendo indivíduos de organização corporal simples, considerados um ramo primitivo na evolução dos metazoários. Os poríferos são usados pelos pintores para obter certos efeitos especiais na técnica de aquarela; antigamente, eram usados também como esponjas de banho.

Quanto às esponjas, é correto afirmar que:

a) não possuem tecidos verdadeiros e apresentam apenas espículas silicosas;
b) possuem tecidos verdadeiros e podem apresentar espículas calcárias ou silicosas;
c) não possuem tecidos verdadeiros e podem apresentar espículas calcárias ou silicosas;
d) não possuem tecidos verdadeiros e apresentam apenas espículas calcárias;
e) possuem tecidos verdadeiros e apresentam apenas espículas silicosas.

04. (FATEC-SP) O critério utilizado para agrupar os camarões, moluscos e equinodermos é:

a) todos são marinhos. 
b) todos possuem antenas. 
c) todos são invertebrados.
d) todos possuem exoesqueleto.
e) todos possuem canal inalante e canal exalante.

05. (UFPI) Assinale a alternativa que menciona corretamente, o que pode significar, sob o ponto de vista evolutivo, o fato de animais com características primitivas, como as esponjas terem sido um dos primeiros a se formar e serem abundantes até hoje.

a) Sua estratégia evolutiva não foi bem sucedida.
b) A seleção natural não atuou sobre as esponjas.
c) As esponjas mostraram adaptação às pressões ambientais.
d) Não foram expostos a nenhum tipo de pressão ambiental.
e) Não apresentaram muita variabilidade genética.

06. (U. Caxias do Sul-RS) A coordenação nervosa nos Invertebrados é difusa nos mais primitivos e centralizada nos mais evoluídos. A centralização da coordenação nervosa apareceu primeiramente no filo:

a) celenterados 
b) asquelmintos 
c) anelídeos
d) platelmintos
e) artrópodos

07. (Unifor-CE) Apresentam a capacidade de se reproduzirem tanto assexuada quanto sexuadamente, as:

a) planárias 
b) lombrigas 
c) minhocas 
d) aranhas 
e) lulas

08. (UFRS) O que Platelmintos e Moluscos possuem em comum?

a) O sistema respiratório. 
b) A presença de celoma. 
c) O tipo de sustentação.
d) O sistema digestivo.
e) A ocorrência de cefalização.

09. (PUC-RS) A alternativa que apresenta a relação correta entre o grupo animal e a estrutura excretora que o caracteriza é:

a) celenterado → glândulas verdes
b) platelmintos → túbulos de Malpighi
c) insetos → glândulas coxais
d) nematódios → vacúolos contráteis
e) anelídeos → nefrídios

10. (F.I. Anápolis-GO) Insetos e crustáceos têm em comum:

a) um par de antenas;
b) sistema circulatório do tipo aberto;
c) sistema respiratório traqueal;
d) sistema excretor por túbulos de Malpighi;
e) fecundação externa.

11. (VUNESP) Existem nos filos animais estruturas que os caracterizam e os identificam. Coanócitos, cnidoblastos, células-flama ou solenócitos, sistema ambulacrário e rádula são algumas estruturas encontradas, respectivamente, em

a) platelmintos, celenterados, poríferos, equinodermos e moluscos.
b) poríferos, celenterados, equinodermos, platelmintos e moluscos.
c) poríferos, celenterados, platelmintos, equinodermos e moluscos.
d) poríferos, celenterados, platelmintos, moluscos e equinodermos.
e) equinodermos, moluscos, poríferos, celenterados e platelmintos.

12. (U.F. Uberlândia-MG) Assinale a alternativa que apresenta somente exemplos de celenterados (ou cnidários).

a) Esponjas, anêmonas, lírios-do-mar e corais.
b) Hidras, anêmonas, medusas e corais.
c) Hidras, esponjas, medusas e lírios-do-mar.
d) Esponjas, medusas, Sycons e rosas-do-mar.

13. (UFF-RJ) Os Platelmintos pertencem ao primeiro grupo de animais a possuir um sistema excretor. Este é bastante primitivo, formado por células-flama. A principal função destas células é:

a) remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do sangue e lançá-los para o intestino;
b) remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do sistema circulatório e lançá-los para o exterior;
c) remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do tecido epitelial e lançá-los para o intestino;
d) remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do ectoderma e lançá-los para os túbulos de Malpighi;
e) remover o excesso de água e os resíduos nitrogenados do mesoderma e lançá-los para o exterior.

14. (FUVEST-SP) A figura mostra uma árvore filogenética dos grandes grupos de animais invertebrados.

Existe um filo animal, pouco mencionado nos livros de textos, chamado Gnathostomulida, cujos representantes atuais vivem entre os grãos de areia de certas praias oceânicas.
Os animais desse grupo não apresentam corpo segmentado nem cavidade corporal, mas certas espécies têm tubo digestivo completo, com boca e ânus. Tais características sugerem que os gnatostomulídeos se separaram do tronco principal da árvore filogenética entre os grupos de:

a) poríferos e cnidários.
b) cnidários e platelmintos.
c) platelmintos e nematelmintos.
d) nematelmintos e moluscos.
e) moluscos e anelídeos.

15.( Unifor-CE) Em uma gástrula de camarão, injetou-se uma substância radiativa nas células que circundam o blastóporo. Se tal substância permanecer nessas células, poderá ser evidenciada, no animal adulto,

a) na região anal;
b) na região oral;
c) nas brânquias;
d) nas gônadas;
e) no intestino.

16. (U.F. Viçosa-MG) Considerando as minhocas e sanguessugas, é correto afirmar que:

a) pertencem à mesma Classe pois possuem o corpo formado por anéis;
b) a presença de cerdas pode diferenciar a minhoca da sanguessuga;
c) possuem sistema circulatório aberto e são organismos acelomados;
d) apresentam apenas reprodução assexuada e desenvolvimento indireto;
e) possuem o corpo cilíndrico sem segmentação verdadeira.

17. (UFSE) Comparando-se os ciclos de vida de platielmintos e nematóides parasitas do homem, pode-se afirmar que estágios larvais de vida livre ocorrem somente nos gêneros:

a) Schistosoma e Ancylostoma.
c) Ascaris e Taenia.
b) Ancylostoma e Ascaris. 
d) Taenia e Wuchereria. 
e) Wuchereria e Schistosoma.

18. (UFR-RJ) João, aluno do ensino médio que estava fazendo uma revisão em seus apontamentos de zoologia, verificou que, ao contrário dos gastrópodes marinhos que apresentam respiração branquial, os gastrópodes dulcícolas (que vivem em água “doce”) utilizam oxigênio atmosférico através de sua cavidade paleal que é ricamente vascularizada, como um pulmão primitivo. Surgiu, então, uma dúvida: “Por que esses animais aquáticos respiram por pulmões? Outros moluscos, como os bivalves, respiram por meio de brânquias, quer vivam em água “doce” ou salgada e o mesmo acontece com os peixes. Por que, então, os gastrópodes dulcícolas não respiram por brânquias?” João, ao formular tais questões, não lembrava que:

a) vivendo em águas rasas, a respiração pulmonar permite um aproveitamento melhor do oxigênio atmosférico;
b) os gastrópodes dulcícolas representam o retorno ao ambiente aquático depois que seus ancestrais conquistaram o ambiente terrestre;
c) a pressão parcial do oxigênio em águas interiores é muito menor que na água do mar;
d) próximo à superfície, a disponibilidade de alimentos é maior;
e) os gastrópodes não são planctófagos, não podendo realizar a filtração.

19. (FUVEST-SP) Uma pessoa tem alergia a moluscos. Em um restaurante onde são servidos “frutos do mar”, ela pode comer, sem problemas, pratos que contenham

a) lula e camarão.
b) polvo e caranguejo.
d) lula e polvo.
c) mexilhão e lagosta.
e) camarão e lagosta.

20. (UEMS) Um restaurante refinado da capital, tem como principal atração servir pratos finos e exóticos, como escargot, lagosta, pepino-do-mar e gafanhoto em pó. Esses animais são respectivamente:

a) Crustáceo, molusco, equinodermata e inseto.
b) Molusco, equinodermata, crustáceo e inseto.
c) Molusco, crustáceo, equinodermata e inseto.
d) Molusco, crustáceo, inseto e equinodermata.
e) Equinodermata, crustáceo, molusco e inseto.

21. (UEMS) O esquema abaixo é válido para o desenvolvimento de muitas espécies de insetos. Os insetos que apresentam esse tipo de desenvolvimento são denominados:

OVO → LARVA → PUPA → ADULTO

a) holometábolos;
b) hemimetábolos;
c) ametábolos;
d) imagos;
e) acelomados.

22. (U. Alfenas-MG) A superfície do corpo de Artrópodes está protegida da evaporação por um exoesqueleto impermeável de quitina. No entanto, com a impermeabilização da superfície do corpo, surge o problema da captura de oxigênio para a respiração, que nesses animais é resolvidos através:

a) de túbulos de Malpighi;
b) de túbulos de Malpighi e brânquias;
c) de traquéias;
d) de brânquias;
e) do sistema aqüífero ou ambulacrário.

23. (Univali-SC) O corpo dos artrópodes é coberto por um exoesqueleto cuja composição básica é a quitina. De tempos em tempos, a epiderme secreta um líquido que forma um espaço entre ela e o exoesqueleto. Depois, produz um esqueleto novo. Em determinado momento, o velho arrebenta e é abandonado.

Sobre este fenômeno, podemos afirmar que:
I. A troca de esqueleto é chamada de ecdise;
II. O exoesqueleto limita o crescimento do animal;
III. O crescimento dos artrópodes é contínuo como o de todos os outros animais.

A(s) afirmativa(s) correta(s) é(são):

a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) todas
e) nenhuma

24. (FEI-SP) Um animal com exoesqueleto articulado e musculatura estriada pode ser:

a) lula
b) sapo
c) gafanhoto
d) papagaio
e) estrela-do-mar

25. (UESC-BA) Considerando-se que as drosófilas estão incluídas na Classe Insecta, devem, entre outros aspectos, caracterizar-se, porque:

a) estão incluídas em um filo de animais restritos a ambientes terrestres;
b) formam populações bastante uniformes com pouca variabilidade fenotípica.
c) apresentam o corpo organizado em duas regiões, o cefalotórax e o abdômen;
d) se reproduzem espontaneamente em laboratório com gerações assexuais rápidas e numerosas.
e) apresentam o desenvolvimento submetido ao fenômeno da ecdise.

26. (Univali-SC) Um biólogo, em uma coleta marinha, encontrou um animal desconhecido, de corpo tubular, com simetria radical, sem cabeça ou segmentação. O animal apresentava uma extremidade fechada e fixa e a outra uma boca central, circundada por tentáculos moles ligada à cavidade digestiva em forma de saco. Era desprovido de ânus. Com esses dados ele decidiu identificar o animal. Para tanto pesquisou em um catálogo de animais marinhos, escolhendo o volume que se referia aos:

a) equinodermos
b) celenterados
c) poríferos
d) tunicados
e) crustáceos

27. (FATEC-SP) Os sistemas respiratórios de minhocas, baratas, peixes e cobras são, respectivamente:

a) traqueal, cutâneo, branquial, pulmonar.
b) traqueal, traqueal, branquial, pulmonar.
c) cutâneo, cutâneo, branquial, branquial.
d) cutâneo, traqueal, pulmonar, pulmonar.
e) cutâneo, traqueal, branquial, pulmonar.

28. (UFRS) Os aracnídeos são animais terrestres que ocorrem em uma grande diversidade de habitats. Em relação a estes animais é correto afirmar que:

a) possuem antenas;
b) possuem três pares de patas;
c) apresentam excreção por nefrídios;
d) possuem quelíceras;
e) são monóicos.

29. (FEI-SP) A medicina, atualmente, tem se utilizado de sanguessugas para obter sucesso em reimplantes de estruturas amputadas. As sanguessugas pertencem ao filo:

a) Nemathelminthes
b) Artropoda
c) Echinodermata
d) Annelida
e) Mollusca

30. (UFC) O filo dos invertebrados mais relacionado ao homem é aquele que inclui as estrelas-do-mar, ou seja, os equinodermas. A justificativa para essa conclusão surpreendente foi baseada principalmente no estudo comparativo:

a) do desenvolvimento embrionário.
b) da simetria dos organismos.
c) do documentário fóssil.
d) da fisiologia.
e) do genoma.








----------------------------------------------------------------------------------------------------------
RESPOSTAS:
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
 B
 A
 C
 C
 D
 A
 E
 E
B
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
C
B
E
C
B
B
A
B
E
C
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
A
C
A
C
E
A
E
D
D
A

2 comentários:

  1. Gabarito da questão 26 está errado. O correto é letra B.

    ResponderExcluir
  2. Questão 26: embora a presença de sistema digestório completo (com boca e ânus) seja notada em todos os filos após os nematelmintos; a presença de endoesqueleto calcário e, em especial, do sistema de circulação de água (sistema ambulacrário) são características típicas dos equinodermos.

    ResponderExcluir