Termos Essenciais da Oração - 30 Exercícios com gabarito

01. (FAAP-SP) “Triste ironia atroz que o senso humano irrita: Ele que doira a noite e ilumina a cidade...” 

O sujeito do verbo irritar é: 
a) ironia 
b) que(ironia) 
c) senso humano 
d) ele(senso humano) 
e) indeterminado

02. (UEMA) Em qual das alternativas existe oração sem sujeito? 

a) Houveram-se bem nos estudos. 
b) Havia sido aprovado com distinção. 
c) Fazia móveis em casa. 
d) Bateu quatro horas o relógio. 
e) Fazia horas que procuravam uma sombra.

03. (UNIRIO) Em: “Na mocidade, muitas coisas lhe haviam acontecido”, temos oração: 

a) sem sujeito; 
b) com sujeito simples e claro; 
c) com sujeito oculto; 
d) com sujeito composto; 
e) com sujeito indeterminado.

04. (FUVEST) Assinale a alternativa em que há oração sem sujeito. 

a) Existe um povo que a bandeira empresta. 
b) Embora com atraso, haviam chegado. 
c) Existem flores que devoram insetos. 
d) Alguns de nós ainda tinham esperança de encontrá-lo. 
e) Há de haver recurso desta sentença.

05. (OSEC-SP) Nas seguintes orações: 
“Pede-se silêncio.”
“A caverna anoitecia aos poucos.”
“Fazia um calor tremendo naquela tarde.” 
O sujeito se classifica respectivamente como: 

a) indeterminado, inexistente, simples 
b) oculto, simples, inexistente 
c) inexistente, inexistente, inexistente 
d) oculto, inexistente, simples 
e) simples, simples, inexistente

06. (PUC) “O que há entre a vida e a morte?” 

a) O sujeito do verbo haver é o pronome interrogativo QUE. 
b) Tem-se uma oração sem sujeito. 
c) O sujeito está oculto. 
d) O sujeito é indeterminado. 
e) O sujeito é “uma curta ponte.”

07. (FOC-SP) Duas orações abaixo têm sujeito indeterminado. Assinale-as: 

I. Projetavam-se avenidas largas. 
II. Há alguém esperando você. 
III. No meio das exclamações, ouviu-se um risinho de mofa. 
IV. Falava-se muito sobre a possibilidade de escalar a montanha. 
V. Até isso chegaram a dizer. 

a) I e II 
b) III e IV 
c) IV e V 
d) III e V 
e) I e V

08. (FMPA-MG) “Quando me procurar o desencanto, eu direi, sereno e confiante, que a vida não foi de todo inútil.” 

O sujeito de procurar é: 

a) indeterminado 
b) eu (elíptico) 
c) o desencanto 
d) me 
e) inexistente

09. (UFMA) Há  sujeito indeterminado em: 

a) O pássaro voou assustado. 
b) Surgiram reclamações contra o cruzado. 
c) Ouvem-se vozes na sala vizinha. 
d) Ali, rouba-se no atacado e no varejo. 
e) Vendeu-a casa.

10. (FMC-SP) Em relação a frase: “Precisa-se de trabalhadores”, indique a alternativa incorreta. 

a) sujeito indeterminado. 
b) “de trabalhadores” é objeto indireto. 
c) “se” é índice de indeterminação do sujeito. 
d) A frase é ativa de sujeito indeterminado. 
e) A frase é passiva.

11. (ADVISE) Na frase: “Querido, deixei seu café pronto na copa.”, temos:

a) Sujeito simples interactante
b) Sujeito composto
c) Sujeito oculto determinante
d) Sujeito indeterminado
e) Oração sem sujeito

12. (FMPA-MG) “Quando me procurar o desencanto, eu direi, sereno e confiante, que a vida não me foi de todo inútil.”

a) indeterminado.
b) eu (elíptico).
c) o desencanto.
d) me.
e) inexistente.

13. (UEPG-PR) Só num caso a oração é sem sujeito. Identifique-a:

a) Faltavam três dias para o batismo.
b) Houve por improcedente a reclamação do aluno.
c) Sobrou tempo suficiente para as comemorações.
d) Choveu intensamente nesse fim de semana.
e) Roubaram o carro do meu pai.

14. (FEI) "As palavras não nascem amarradas"

Assinale a alternativa em que o sujeito e o predicado da oração estejam corretamente analisados:

a) sujeito composto e predicado nominal
b) sujeito simples e predicado verbo-nominal
c) sujeito composto e predicado verbal
d) sujeito simples e predicado nominal
e) sujeito simples e predicado verbal.

15. (FMU-SP) Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal:

a) Os viajantes chegaram cedo ao destino.
b) Demitiram o secretário da instituição.
c) Nomearam as novas ruas da cidade.
d) Compareceram todos atrasados à reunião.
e) Estava irritado com as brincadeiras.

16. (UFU-MG) “O sol entra cada dia mais tarde, pálido, fraco, oblíquo.” “O sol brilhou um pouquinho pela manhã”. Pela ordem, os predicados das orações acima classificam-se como:

a) nominal e verbo-nominal
b) verbal e nominal
c) verbal e verbo-nominal
d) verbo-nominal e nominal
e) verbo-nominal e verbal 

17. (Unimep – SP)

I. Paulo está adoentado.
II. Paulo está no hospital.

a. O predicado é verbal em I e II.
b. O predicado é nominal em I e II.
c. O predicado é verbo-nominal em I e II.
d. O predicado é verbal em I e nominal em II.
e. O predicado é nominal em I e verbal em II.

18. (FCMPA-MG) Assinale a alternativa em que apareça predicado verbo- nominal:

a) A chuva permanecia calma.                       
b) A tempestade assustou os habitantes da vila.     
c) Paulo ficou satisfeito
d) Os  meninos saíram do cinema calados.
e) Os alunos estavam preocupados.

19.  (PUC-PR) Sobre o exemplo: "A lua brilhou alegre no céu", afirmamos que:

I. O verbo brilhar é intransitivo.
II. O verbo brilhar é transitivo direto.
III. O verbo brilhar é transitivo indireto.
IV. O predicado é nominal.
V. O predicado é verbal.
VI. O predicado é verbo-nominal.

a) Estão corretas I e VI.
b) Estão corretas I e V.
c) Estão corretas II e V.
d) Está correta apenas IV.
e) Estão corretas III e VI.

20. (SANTA CASA-SP) Assinale a alternativa correta em relação à classificação dos predicados das orações abaixo: 

               I - Todos nós consideramos a sua atitude  infantil.
               II - A multidão caminhava pela estrada .
               III -  A criançada continua emocionada.

a) predicado verbal, predicado nominal,  predicado verbo-nominal.
b) predicado nominal, predicado verbal,  predicado verbo-nominal.
c)  predicado verbo-nominal,  predicado verbal,   predicado nominal.
d) predicado verbo-nominal, predicado nominal, predicado verbal.
e) predicado verbal, I predicado verbal, predicado verbo-nominal.

21. (CESCEM-SP) Os pássaros voam na mata.

a) verbo de ligação;                  
b) verbo transitivo direto;
c) verbo transitivo indireto;        
d) verbo intransitivo;
e) nenhum dos citados.

22. (CESCEM-SP) O aluno ficou contente com o resultado dos estudos.

a) verbo de ligação;                  
b) verbo transitivo direto;
c) verbo transitivo indireto;        
d) verbo intransitivo;
e) nenhum dos citados.

23.  (PUC-SP) – O verbo ser, na oração:

“Eram cinco horas da manhã...”, é:

a) pessoal e concorda com o sujeito indeterminado.
b) impessoal e concorda com o objeto direto.
c) impessoal e concorda com o sujeito indeterminado.
d) Impessoal e concorda com a expressão numérica.
e) Pessoal e concorda com a expressão numérica.

24. (EMM) A única oração com sujeito simples é:

a) Existem algumas dúvidas.
b) Compraram-se livros e revistas.
c) Precisa-se de ajuda.
d) Faz muito frio.
e) Há alguns problemas.

25. (UNESP) 

A divisão ciência/humanismo se reflete na maneira como as pessoas, hoje, encaram o computador. Resiste-se ao computador, e a toda a cultura cibernética, como uma forma de ser fiel ao livro e à palavra impressa. Mas o computador não eliminará o papel. Ao contrário do que se pensava há alguns anos, o computador não salvará as florestas. Aumentou o uso do papel em todo o mundo, e não apenas porque a cada novidade eletrônica lançada no mercado corresponde um manual de instrução, sem falar numa embalagem de papelão e num embrulho para presente. O computador estimula as pessoas a escreverem e imprimirem o que escrevem. Como hoje qualquer um pode ser seu próprio editor, paginador e ilustrador sem largar o mouse, a tentação de passar sua obra para o papel é quase irresistível. [...] ( Luis Fernando Verissimo)

Os termos “o uso do papel” e “um manual de instrução” se identificam sintaticamente por exercerem nas respectivas orações a função de

a) objeto direto.
b) predicativo do sujeito.
c) objeto indireto.
d) complemento nominal.
e) sujeito.

26. (EMM) Há predicado verbo-nominal em:

a) Ela descansava em casa.
b) Todos cumpriram o juramento
c) Ele vinha preocupado.
d) Ele está abatido
e) Ela marchava alegremente.

27. (UNIRIO) Assinale a frase cujo sujeito se classifica do mesmo modo que o da frase “Faz muito calor no Rio o ano inteiro.” 

a) Devia haver mais interesse pela boa formação profissional.
b) Falaram muito mal dos estimuladores de conflitos.
c) Vive-se bem no clima de montanha.
d) Almejamos dias melhores.
e) Haviam chegado cedo todos os candidatos.

28. (FMU-SP) Na oração: “Mas uma diferença houve”, o sujeito é:

a) agente.
b) indeterminado.
c) paciente.
d) inexistente.
e) oculto.

29. (UNIMAR-SP) Nas orações a seguir:

I. As chuvas abundantes, pródigas, violentas, fortes anunciavam o verão.
II. Eu e você vamos juntos.
III. Vendeu-se a pá.

O sujeito é, respectivamente:
a) composto, simples, indeterminado
b) composto, composto, indeterminado
c) simples, simples, oculto
d) simples, composto, “a pá”
e) composto, simples, “a pá”

30. (MANCKENZIE) Em: "Já era mais de meia noite quando chegamos ao baile", o sujeito do verbo ser é:

a)     Inexistente.
b)    Indeterminado.
c)     Um homem.
d)    Aquela noite amiga.
e)     Aquela noite amiga, noite cristã.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
RESPOSTA:
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
 B
 E
 E
 B
 C
 D
 E
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
 C
 C
 D
 B
 A
 C
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
 A
D
E
C
D
 A

5 comentários:

  1. Não entendi o gabarito da 5 , alguém poderia explicar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Transformando a voz passiva para ativa, o sujeito é silêncio; 2- sujeito A caverna; 3- oração sem sujeito - verbo fazer, indicando tempo meteorológico.

      Excluir
  2. Pedro Bernado!!! quando vier com ("vtd" "pa->SE).
    tente colocar da ordem direta>
    O SILÊNCIO é pedido. O que é pedido?
    A CAVERNA anoitecia aos poucos. O que anoitecia aos poucos?
    FAZIA um calor tremendo naquela tarde. Verbo FAZER no tempo decorrido.
    BONS ESTUDOS, camarada!!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Por favor, alguém poderia escrever a resolução da alternativa 2.
    Eu gostaria que fizessem a análise das alternativas que não são corretas.

    ResponderExcluir