Histologia vegetal - 40 Exercícios com gabarito

01. (UFJF) Diversas pesquisas relacionadas à engenharia genética vegetal têm sido desenvolvidas, incluindo alterações na produção de hormônios de maturação em frutos. Se o interesse comercial é prolongar a vida útil dos frutos de uma espécie, retardando o seu amadurecimento após a colheita, que classe de hormônio vegetal deverá ter a sua biossíntese reduzida ou inibida?

a) Citocininas.
b) Etileno.
c) Auxinas.
d) Giberelinas.
e) Ácido abscísico.

02. (UFPA) Nos últimos anos, muitas empresas automobilísticas voltaram a utilizar fibras de origem vegetal, biodegradáveis, na confecção de várias peças dos automóveis. O tecido vegetal que está sendo utilizado na confecção dessas peças é o:

a) xilema.
b) floema.
c) meristema.
d) colênquima.
e) esclerênquima.

03. (UDESC) As plantas possuem diferentes tecidos vegetais para sua sustentação, condução de seivas, armazenamento, fotossíntese, preenchimento e revestimento. Sobre essa informação é incorreto afirmar:

a) O parênquima possui várias funções e está presente em vários órgãos da planta.
b) O xilema conduz seiva bruta e possui elementos de vaso (vasos abertos).
c) A epiderme faz o revestimento e sustentação apenas de folhas, mas não reveste raízes, caules, flores e frutos.
d) O floema conduz seiva elaborada e possui tubos crivados.
e) O esclerênquima é um tecido de sustentação, cujas células possuem paredes espessas e lignificadas.

04. (UFLA) Considere as três frases seguintes relativas a tecidos vegetais.

I. Os componentes do xilema responsáveis pela condução da seiva bruta são de dois tipos: elementos de vaso e traqueoides.
II. As plantas possuem 2 tecidos especializados na sua sustentação esquelética: o colênquima e o esclerênquima. O esclerênquima constitui um tecido mais resistente devido a reforços de celulose em suas paredes celulares, sem que haja lignificação.
III. Em raízes e caules subterrâneos existem parênquimas que acumulam amido e outras substâncias de reserva, sendo, por isso, denominados parênquimas aquíferos.

Assinale:

a) Se somente I estiver correta.
b) Se somente II estiver correta.
c) Se somente I e II estiverem corretas.
d) Se I, II e III estiverem corretas.
e) Se somente II e III estiverem corretas.

05. (UFPA) Ao comermos uma porção de batata frita ingerimos um tecido vegetal rico em um composto orgânico energético. O tecido vegetal e o composto orgânico referidos são, respectivamente,

a) colênquima e amido.
b) esclerênquima e amido.
c) parênquima e lipídio.
d) parênquima e amido.
e) colênquima e lipídio.

06. (UFRGS) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do parágrafo a seguir, na ordem em que aparecem.

A _________ das plantas é composta por diferentes estruturas que fazem parte do seu sistema de revestimento ou proteção. Nela podem ser encontrados o _________ e o __________, que atuam no controle da perda de água pela planta.

a) periderme – estômato – câmbio.
b) epiderme – câmbio – espinho.
c) periderme – acúleo – tricoma.
d) protoderme – acúleo- espinho.
e) epiderme – estômato – tricoma.

07. (UFLA) Considere as três frases seguintes relativas a tecidos vegetais.

I. Os componentes do xilema responsáveis pela condução da seiva bruta são de dois tipos: elementos de vaso e traqueídes.
II. As plantas possuem 2 tecidos especializados na sua sustentação esquelética: o colênquima e o esclerênquima. O esclerênquima constitui um tecido mais resistente devido a reforços de celulose em suas paredes celulares, sem que haja lignificação.
III. Em raízes e caules subterrâneos existem parênquimas que acumulam amido e outras substâncias de reserva, sendo, por isso, denominados parênquimas aquíferos.

Assinale:

a) Se somente I estiver correta.
b) Se somente II estiver correta.
c) Se somente I e II estiverem corretas.
d) Se I, II e III estiverem corretas.
e) Se somente II e III estiverem corretas.

08. (U. E. Londrina-PR) São importantes Tecidos de sustentação dos vegetais: 

a) Floema e xilema.
b) Colênquima e esclerênquima.
c) Parênquima de reserva.
d) Súber e ritidoma.
e) Córtex e cilindro central. 

09. (UFLA) Sobre o sistema de revestimento nos vegetais, pode-se afirmar que:

I. A principal função do sistema de revestimento é a proteção.
II. A epiderme origina-se da camada mais externa dos meristemas apicais (protoderme) e reveste a superfície do corpo vegetal.
III. Epiderme é o conjunto de tecidos de origem secundária que substitui a periderme no estágio secundário de desenvolvimento do corpo vegetal.

Mais comum em dicotiledôneas herbáceas e monocotiledôneas.

a) Somente as proposições I e III estão corretas.
b) Somente a proposição I está correta.
c) Somente as proposições I e II estão corretas.
d) Somente as proposições II e III estão corretas.
e) Somente a proposição II está correta.

10. (PUC-RJ) Considerando a histologia vegetal – ciência que estuda os tecidos biológicos vegetais – é errado afirmar que:

a) os tecidos que atuam no armazenamento de substâncias, na fotossíntese e no transporte de substâncias a curta distância são os parênquimas.
b) os tecidos de revestimento dos vegetais são hipoderme e endoderme.
c) os tecidos de sustentação dos vegetais são colênquima e esclerênquima.
d) os tecidos de condução dos vegetais são xilema e floema.
e) os meristemas são responsáveis por formar os tecidos das plantas.

11. (PUCRS) Responder esta questão relacionando a estrutura, tecido ou organela vegetal da coluna I com as funções da coluna II.

COLUNA I

( 1 ) Estômato
( 2 ) Xilema
( 3 ) Cloroplasto
( 4 ) Floema

COLUNA II

(   ) Transporte de água
(   ) Realização da fotossíntese
(   ) Trocas gasosas
(   ) Transporte de carboidratos

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a) 1 – 3 – 4 – 2.
b) 2 – 1 – 3 – 4.
c) 2 – 3 – 1 – 4.
d) 4 – 1 – 3 – 2.
e) 4 – 3 – 1 – 2.

12. (UFRN) Quando o nível de auxina de uma folha, baixa acentuadamente pode pressupor que
esta folha esteja:

a) Em plena atividade fotossintética;
b) Em estágio de primórdio;
c) Em plena maturação;
d) Entrando na fase de distensão;
e) Atingindo a fase senescente.

13. (Mack-SP) Carros frigoríficos são usados para transportar frutos a grandes distâncias sem que amadureçam. Isso é possível, pois a baixa temperatura:

a) Acelera o processo de respiração e aumenta a auxina.
b) Inibe a síntese do gás etileno e reduz a respiração.
c) Aumenta a quantidade de ácidos e in
terrompe a fotossíntese.
d) Inibe a decomposição de clorofila e aumenta a produção de etileno.
e) Inibe a respiração e acelera a fotossíntese.

14.  (UNEMAT) Analise as assertivas abaixo.

I. O meristema apical determina a estrutura primária da planta.
II. O feloderma é constituído por células vivas enquanto o súber é constituído por células mortas.
III. O câmbio vascular e o felogênio possibilitam o crescimento em espessura da planta, isto é, o desenvolvimento secundário.

Assinale a alternativa correta.

a) Apenas a assertiva I está correta.
b) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
c) Apenas as assertivas I e III estão corretas.
d) Todas as assertivas estão corretas.
e) Nenhuma das assertivas está correta.

15. (UDESC) As plantas possuem diferentes tecidos vegetais para sua sustentação, condução de seivas, armazenamento, fotossíntese, preenchimento e revestimento. Sobre essa informação é incorretoafirmar:

a) O parênquima possui várias funções e está presente em vários órgãos da planta.
b) O xilema conduz seiva bruta e possui elementos de vaso (vasos abertos).
c) A epiderme faz o revestimento e sustentação apenas de folhas, mas não reveste raízes, caules, flores e frutos.
d) O floema conduz seiva elaborada e possui tubos crivados.
e) O esclerênquima é um tecido de sustentação, cujas células possuem paredes espessas e lignificadas.

16. (PUC-RS) As folhas podem sofrer uma série de adaptações para exercer uma grande variedade de funções. Um exemplo de uma típica adaptação da folha para ajudar na fixação da planta ao substrato são:

a) os espinhos.
b) as gavinhas.
c) os acúleos.
d) as brácteas.
e) os catafilos.

17. (UFG) Um estudante observou no microscópio o corte histológico de um órgão vegetal, o qual revelou os seguintes tecidos e estruturas: epiderme com cutícula e estômatos; células parenquimáticas com cloroplastos; tecido condutor constituído por xilema e floema. Pela descrição, o estudante concluiu que este órgão é

a) um estipe.
b) um tubérculo.
c) um bulbo.
d) um tronco.
e) uma folha.

18. (UEMS) No que se refere ao controle estomático, é correto afirmar que:

a) Aabertura das células subsidiárias ocorre quando os potenciais hídricos são reduzidos.
b) A entrada de potássio nas células-guarda reduz o potencial hídrico das mesmas.
c) A entrada de água nas células-guarda promove o fechamento estomático.
d) A entrada de potássio no ostíolo promove a abertura estomatar.
e) Altas concentrações de CO2 promovem a abertura dos estômatos por indução direta.

19. (UEPB) Tendo a Paraíba e a Bahia como maiores produtores no Brasil, o sisal, fibra comercial extraída do agave (Agave sisalana), planta originária do México, tem sua importância comercial devido às suas fibras utilizadas na fabricação de cordas, tapetes, papéis finos, entre outros. No agave, o tecido vegetal de maior valor comercial é o:

a) floema.
b) parênquima.
c) xilema.
d) colênquima.
e) esclerênquima.

20. (PUC-RJ) As plantas, assim como os animais, apresentam órgãos compostos de diferentes tecidos, e esses tecidos apresentam diferentes funções: revestimento; assimilação e reserva; sustentação; condução. Os tecidos que desempenham essas funções são, respectivamente:

a) epiderme, parênquima, floema, esclerênquima.
b) colênquima, epiderme, xilema, parênquima.
c) epiderme, esclerênquima, xilema, parênquima.
d) epiderme, parênquima, esclerênquima, floema.
e) parênquima, colênquima, floema, esclerênquima.

21. (UFJF) A clorose variegada das laranjeiras, conhecida como amarelinho, é causada por uma bactéria que, depois de instalada, se multiplica e obstrui o tecido responsável por levar água e nutrientes das raízes para a parte aérea da planta. Entre os sintomas da doença, está a diminuição do tamanho dos frutos, tornando-os inviáveis para o consumo. Assinale a alternativa que apresenta o tecido obstruído pela bactéria.

a) Parênquima aquífero.
b) Parênquima clorofiliano.
c) Colênquima.
d) Xilema.
e) Floema.

22. (UFRN) Assinale a alternativa INCORRETA quanto às características histológicas dos vegetais.
a) Na superfície externa das células dos parênquimas há uma cutícula impermeabilizante produzida pelas próprias células.
b) Os acúleos são estruturas protetoras formadas por projeções pontiagudas, confundidos com espinhos. Ocorrem, como por exemplo, nas roseiras.
c) Alguns tricomas produzem secreções glandulares, como as urticantes na urtiga, e as digestivas nas plantas carnívoras.
d) Os estômatos ocorrem nas folhas e são importantes nas trocas gasosas entre os tecidos internos da planta e o meio externo.
e) O súber maduro é também denominado cortiça, pouco densa e impermeável à água devido ao efeito da suberina.

23. (U. Potiguar-RN) No corpo de uma planta superior, qual é o tecido que apresenta numerosas mitoses, sendo sempre formado por células indiferenciadas?

a) parênquima paliçadico
c) colênquima angular
b) colênquima tabular
d) meristema primário

24. (UNIMONTES) Os tecidos meristemáticos ou meristemas são tecidos embrionários ou formativos, responsáveis pelo crescimento dos vegetais. Esses tecidos respondem pela formação de órgãos com funções especializadas. Dessa maneira, enquanto raízes, caules e folhas constituem órgãos vegetativos (para o crescimento e sobrevivência do indivíduo), flores e frutos são órgãos reprodutivos. As características apresentadas a seguir pertencem às células dos meristemas, exceto:

a) parede celular fina.
b) reprodução lenta.
c) pouco diferenciadas.
d) alto poder proliferativo.

25. (Fuvest-SP) Células cutinizadas localizam-se

a) no súber.
b) nos meristemas.
c) no esclerênquima.
d) na epiderme.
e) no felogênio.

26. (UFJF) A clorose variegada das laranjeiras, conhecida como amarelinho, é causada por uma bactéria que, depois de instalada, se multiplica e obstrui o tecido responsável por levar água e nutrientes das raízes para a parte aérea da planta. Entre os sintomas da doença, está a diminuição do tamanho dos frutos, tornando-os inviáveis para o consumo. Assinale a alternativa que apresenta o tecido obstruído pela bactéria.

a) Parênquima aquífero.
b) Parênquima clorofiliano.
c) Colênquima.
d) Xilema.
e) Floema.

27. (UEPB) Nos vegetais vamos encontrar diversos tipos de tecidos; um deles é formado por células capazes de se multiplicar ativamente por mitose, dando origem aos outros tipos. Estamos nos referindo:

a) aos parênquimas.
b) aos meristemas.
c) aos colênquimas.
d) aos esclerênquimas.
e) à epiderme.

28. (UECE) Com relação às células e tecidos das plantas vasculares, são feitas as seguintes afirmações, numeradas de 1 a 6.

1. Na periderme das plantas vasculares podem ser encontrados estômatos e tricomas.
2. O xilema é responsável pelo transporte de alimentos dissolvidos.
3. O floema encontra-se relacionado à condução de água e solutos, sendo responsável pelo movimento ascendente.
4. Os nectários florais e extra-florais são exemplos de estruturas secretoras.
5. As células do esclerênquima apresentam paredes celulares espessas e, geralmente, lignificadas.
6. O conjunto xilema-floema forma um sistema vascular contínuo que percorre a planta inteira.

Assinale o correto.

a) Apenas as afirmações 1, 4, 5 e 6 são verdadeiras.
b) Apenas as afirmações 3, 4 e 5 são verdadeiras.
c) Apenas as afirmações 2, 3 e 6 são verdadeiras.
d) Apenas as afirmações 4, 5 e 6 são verdadeiras.

29. (UFPI) Os hormônios vegetais são substâncias orgânicas que desempenham funções na regulação do crescimento vegetal. Cada hormônio exerce múltiplas funções reguladoras, afetando diferentes aspectos do desenvolvimento. Com relação às giberelinas e citocininas, é correto afirmar, respectivamente, que:

a) mantêm a dormência do fruto; aumentam a senescência foliar.
b) inibem a abscisão foliar; estimulam o fechamento dos estômatos.
c) promovem a germinação de sementes; inibem a senescência foliar.
d) inibem a dormência das sementes; promovem o amadurecimento dos frutos.
e) inibem o alongamento do caule; promovem a germinação das sementes.

30. (UECE) As rolhas são usadas há mais de 3.000 anos para tapar ânforas utilizadas para transportar vinhos e outros líquidos. Para a produção de rolhas naturais, a parte da planta que é utilizada corresponde ao:

a) córtex.
b) súber.
c) lenho.
d) líber.

31. (UNICENTRO) A Embrapa obteve amoras através da cultura de tecidos vegetais. Trata-se de um método assexuado de reprodução em que, a partir de células meristemáticas, se geram novos organismos, exatamente iguais àqueles de origem. Isso ocorre porque as células meristemáticas:

a) Têm a função de promover a manutenção da forma do organismo.
b) São dotadas de alto poder proliferativo e promovem o crescimento da planta.
c) São encontradas no revestimento externo do vegetal e evitam a perda de água.
d) São constituídas de fibras ricas em lignina e conferem resistência à planta.
e) Apresentam alto grau de diferenciação celular.

32. (UFMS) Desde o Egito antigo, o papiro (Cyperus papyrus), precursor do papel, foi usado para a comunicação entre vários povos. A parte interna do caule dessa planta era cortada em finas tiras que, depois de alguns processos,eram transformadas em meio físico para a escrita.Entre os tecidos desse caule herbáceo e verde, não é possível encontrar:

a) tecido clorofiliano.
b) parênquima paliçádico e lacunoso.
c) tecidos de sustentação.
d) epiderme.
e) feixes vasculares

33. (UFV) Em cultura de tecidos utiliza-se, por exemplo, uma ou mais células do ápice de caule para regenerar novas plantas. Essa técnica é possível porque essas células apresentam as características de serem, exceto:

a) Indiferenciadas.
b) Meristemáticas.
c) De ciclo celular intenso.
d) Totipotentes.
e) Especializadas.

34. (URCA) “Típica de florestas com vegetação de cerrado predominante na Floresta Nacional do Araripe FLONA, a janaguba tem várias ‘irmãs’ nos cerrados espalhados pelo Brasil. Mas o gênero da planta encontrado no Cariri é o único utilizado para a cura de doenças. O uso medicinal já ultrapassou os limites da crença popular e tem chamado a atenção da ciência. Pesquisadores de importantes universidades do País estão estudando as propriedades da janaguba (O Povo online – 15/04/2009)”.

Sobre essa importante árvore da família Apocynaceae é correto dizer que entre os componentes histológicos constitutivos de sua casca há:

a) Coifa, parênquima cortical e meristemas primários.
b) Tricomas, meristema intercalar e parênquima aerífico.
c) Felogênio, súber e feloderme.
d) Colênquima, parênquimas aquífero e amilífero.
e) Xilema, floema e endosperma.

35. (UECE) O fenômeno da desdiferenciação celular consiste na requisição da capacidade de células adultas, já diferenciadas, voltarem ao estado embrionário. Isto ocorre na(s) seguinte(s) região(ões) meristemática(s) dos vegetais:

a) Procâmbio, originando o lenho e o súber.
b) Protoderme, originando a epidermes dos vegetais.
c) Câmbio e felogênio que constituem o meristema secundário dos vegetais.
d) Meristema fundamental, produzindo os tecidos responsáveis pela fotossíntese, sustentação e armazenamento de substâncias, dentre outros.
e) Esclerênquima, que torna-se vivo e se transforma em meristema secundário.

36. (FUVEST) Sabe-se que os estômatos têm movimentos hidroativos e fotoativos. Pode-se observar os primeiros quando as condições de luminosidade são constantes e varia o suprimento hídrico. Os segundos se observam quando, ao contrário, variam as condições de luminosidade mantendo-se constante o suprimento hídrico. Com umidade, os estômatos se abrem, bem como com a presença de luz. Diante do exposto, diga o que ocorre quando, mantendo invariável o suprimento de água, coloca-se uma planta no escuro.

a) Os estômatos se abrem.
b) Os estômatos se fecham.
c) Os estômatos não alteram as suas estruturas.
d) Os estômatos se retraem para baixo da epiderme.
e) Os estômatos sofrem uma expansão para fora da epiderme.

37. (UFJF) Alguns insetos sugadores alimentam-se de seiva elaborada pelas plantas, introduzindo seu aparelho bucal nas nervuras das folhas. Para a obtenção dessas substâncias, o tecido vegetal que deve ser atingido pelo aparelho bucal desses insetos é o:

a) parênquima;                          
b) colênquima;        
c) xilema;                  
d) floema.

38.  (CESGRANRIO-RJ) A impregnação por cutina é tipicamente encontrada nas células do tecido vegetal denominado:
a) esclerênquima.                        
b) meristema.                           
c) parênquima.
d) epiderme.
e) colênquima.

39. (MACK-SP) Alguns tecidos vegetais são constituídos por células mortas, não como uma medida casual, mas como ponto final de processo de diferenciação celular tão importante como qualquer outra função desempenhada por qualquer outra célula viva. São exemplos de tecidos vegetais constituídos por células mortas.

a) colênquima e parênquima paliçádico.
b) súber e parênquima paliçádico.
c) esclerênquima e colênquima.
d) súber e colênquima.
e) súber e esclerênquima.

40.  (FUVEST-SP) O xilema ou lenho é responsável:

a) pela absorção de água e sais minerais.
b) pela condução de substâncias orgânicas liberadas pelo órgão de reserva.
c) pelo transporte e pela distribuição de água e nutrientes minerais.
d) pelo transporte e pela distribuição de alimentos orgânicos.
e) pelo transporte de água e alimentos orgânicos sintetizados na folha.



__________________________________________________
 GABARITO 

01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
B
 E
 C
 A
D
E
 A
B
 C
B
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
 C
 E
B
D
C
B
E
B
E
D
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
D
A
D
B
D
D
B
D
C
B
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
B
B
E
C
C
B
D
D
E
C

Nenhum comentário:

Postar um comentário