Literatura para revisão - 25 Exercícios com gabarito

01. (UFPA) A gênese da nossa formação literária encontra-se no século XVI. Dela fazem parte:

a) as obras produzidas pelos degregados que eram obrigados a se instalar no Brasil.
b) os escritos que os donatários das capitanias hereditárias faziam ao rei de Portugal.
c) os relatos dos cronistas e viajantes.
d) as produções arcádicas.
e) as poesias de Gregório de Matos.


02. (FUVEST) Entende-se por literatura informativa no Brasil:

a) o conjunto de relatos de viajantes e missionários europeus, sobre a natureza e o homem brasileiros.
b) a história dos jesuítas que aqui estiveram no século XVI.
c) as obras escritas com a finalidade de catequese do indígena.
d) os poemas do Padre José de Anchieta.
e) os sonetos de Gregório de Matos.

03. (UFPA) Quanto ao sentimento nativista das primeiras manifestações literárias feitas no Brasil:
a) é um sentimento de apego aos valores culturais portugueses, conforme se vê nos poemas de Anchieta.
b) consiste na propagação da mentalidade colonial portuguesa, sobre o que giram os poemas de Gregório de Matos.
c) a obra dos cronistas viajantes representa o apogeu deste sentimento.
d) é um sentimento tênue de apego à terra brasileira que, mais tarde, irá desaguar no nacionalismo do Romantismo.
e) só se observa nos poetas árcades devido ao seu envolvimento na inconfidência Mineira.

04. (UNISA-SP) A “literatura jesuítica”, nos primórdios de nossa história:

a) tem grande valor informativo.
b) marca nossa maturação clássica.
c) visava à catequese do índio, à instrução ao colono e sua assistência religiosa e moral.
d) estava a serviço do poder real.
e) tem fortes doses nacionalistas.

05. (UM-SP) Aponte a alternativa incorreta sobre o “Sermão da Sexagésima”:

a) o autor desenvolve dialeticamente a seguinte tese: “A semente é a palavra de Deus”.
b) o estilo é barroco e privilegia a corrente conceptista de composição.
c) o orador discute no sermão cinco causas possíveis que não permitiram a entrada da palavra de Deus no coração dos homens.
d) Vieira baseia-se em parábolas bíblibíblicas, e sua linguagem se vale de estruturas retóricas clássicas.
e) pela sua capacidade de argumentação, Vieira consegue, neste sermão, convencer os indígenas a se converterem.

06. (FUVEST) A respeito de Padre Antônio Vieira, pode-se afirmar:

a) embora vivesse no Brasil, por sua formação lusitana não se ocupou de problemas locais.
b) procurava adequar os textos bíblicos às realidades de que tratava.
c) dada sua espiritualidade, demonstrava desinteresse por assuntos mundanos.
d) em função de seu zelo para com Deus, utilizava-o para justificar todos os acontecimentos políticos e sociais.
e) mostrou-se tímido diante dos interesses dos poderosos.

07. (PUCCAMP-SP) Pode-se afirmar que Marília de Dirceu e Cartas Chilenas são, respectivamente:

a) altas expressões do lirismo amoroso e da sátira política, na literatura do século XVIII.
b) exemplos da poesia biográfica e da literatura epistolar cultivadas no século XVII.
c) exemplo do lirismo amoroso e da poesia de combate, cultivados sobretudo pelos poetas românticos da chamada “terceira geração”.
d) altas expressões do lirismo e da sátira da nossa poesia barroca.
e) expressões menores da prosa e da poesia do nosso Arcadismo, cultivadas no interior das academias.

08. (VUNESP) Há no Arcadismo brasileiro uma obra satírica de forma epistolar que suscitou dúvidas de autoria durante mais de século. Assinale abaixo a alternativa que apresenta o nome dessa obra e seu autor mais provável:

a) O Reino da Estupidez e Francisco de Melo Franco.
b) Viola de Lereno e Domingos Caldas Barbosa.
c) O Desertor e Manuel Inácio da Silva Alvarenga.
d) Cartas Chilenas e Tomás Antônio Gonzaga.
e) Os Bruzundangas e Lima Barreto.

09. (FUVEST) Assinale a alternativa que apresenta dois poetas que participaram da Inconfidência Mineira:

a) Cláudio Manoel da Costa e Tomás Antônio Gonzaga.
b) Castro Alves e Tomás Antônio Gonzaga.
c) Gonçalves Dias e Cláudio Manuel da Costa.
d) Gonçalves Dias e Gonçalves de Magalhães.
e) Gonçalves de Magalhães e Castro Alves.

10. (SANTA CASA-SP) Um dos traços caracterizadores da produção poética do Romantismo é a:

a) atitude rebelde em face de convenções, expressas de acordo com os cânones próprios do Arcadismo.
b) posição contrária ao rigor formal clássico, visto que o objetivo mais alto era a expressão de idéias e emoções.
c) conciliação do acervo de normas clássicas de expressão com a universalidade dos temas.
d) preferência por uma linguagem seca  e despojada, mais adequada à análise da realidade objetiva.
e) utilização à análise de uma linguagem denotativa, que procura exprimir antes idéias do que sentimentos.

11. (UCP-PR) São obras da fase realista de Machado de Assis:

a) Dom Casmurro / Casa de pensão.
b) O mulato / Casa de Pensão.
c) Dom Casmurro / O mulato.
d) Memórias Póstumas de Brás Cubas /Dom Casmurro.
e) Memórias Póstumas de Brás Cubas /A mão e a luva.

12. (UFRS) Assinale a alternativa em que está incorreta a relação autor/obra/personagem:

a) Manuel Antônio de Almeida / Memórias de um sargento de milícias / Leanardo.
b) Joaquim Manuel de Macedo / A Moreninha / Carolina.
c) Raul Pompéia / O Ateneu / Carlos.
d) José de Alencar / O Guarani / Cecília.
e) Aluízio Azevedo / O Cortiço / João Romão.

13. (UFPB) A propósito da poesia parnasiana, é correto afirmar que ela:

a) caracteriza-se como forma de evocação de sentimentos e emoções.
b) revela-se no emprego de palavras de grande valor conotativo e ricas em sugestões sensoriais.
c) acentua a importância da forma, concebendo a atividade poética como a habilidade no manejo do verso.
d) faz alusões a elementos evocadores de rituais religiosos, impregnando a poesia de misticismo e espiritualidade.
e) explora intensamente a cadeia fônica da linguagem, procurando associar a poesia à música.

14. (UNIP-SP) A negação do positivismo, do materialismo e das estéticas neles fundamentadas, a criação poética como fruto do inconsciente, da intuição, da sugestão, da associação de imagens e idéias; o tom vago, impreciso, nebuloso; o uso acentuado de sinestesias e intensa musicalidade, são características do:

a) Realismo.
b) Simbolismo.
c) Naturalismo.
d) Romantismo.
e) Parnasianismo.

15. (FUVEST) 
“E fria, fluente, frouxa claridade
flutua como as brumas de
[um letargo”
Nestes versos de Cruz e Sousa encontra-se um dos traços característicos do estilo simbolista:

a) utilização do valor sugestivo da música e da cor.
b) rima aproximativa: uso de aliterações.
c) presença de onomatopéia.
d) uso de antinomia.
e) emprego de expressões arcaicas.

16. (UFPA) Na última década do século XIX surge, no Brasil, a manifestação de um estilo de época que é o:

a) Parnasianismo, que reagiu violentamente contra o estilo então vigente: o simbolismo.
b) Romantismo, que se ajustou perfeitamente à alma do brasileiro, cujos
anseios de liberdade política e literária passou a exprimir.
c) Impressionismo, que pregava a volta à rigidez formal dos clássicos.
d) Arcadismo, que pregava seu ideal de felicidade decorrente da vida em contato com a natureza.
e) Simbolismo, que encontrou uma posição hostil por parte dos parnasianos, ao ponto de quase passar despercebido.

17. (FEM-PA) Seus poemas sugerem um clima de mistério, através de uma linguagem rica em adjetivos semanticamente vagos e imprecisos. Trata-se de ... que escreveu ... e, como poeta, está vinculado ao ... .

a) Vinícius de Moraes / Sonetos e Baladas / Modernismo.
b) Ávares de Azevedo / Lira dos Vinte Anos / Romantismo.
c) Cruz e Souza / Faróis / Simbolismo.
d) Olavo Bilac / O Caçador de Esmeraldas / Parnasianismo.
e) Cecília Meireles / Vaga Música / Modernismo.

18. (FEI-SP) Uma das obras citadas abaixo foi escrita por Lima Barreto.

Assinale-a:

a) Canaã.
b) Os Sertões.
c) Triste Fim de Policarpo Quaresma.
d) Eu.
e) Urupês.

19. (MACK-SP) Assinale a alternativa incorreta a respeito de Monteiro Lobato.

a) Moralista e doutrinador, tinha acentuadas tendências para uma concepção racionalista e pragmática do homem.
b) Criador do Jeca Tatu, apontou as mazelas físicas, sociais e mentais do  Brasil da Primeira República.
c) Em sua narrativa, notam-se costumes interioranos, intenção satírica e  efeitos sentimentais.
d) assumiu posições favoráveis às vanguardas europeias: futurismo, cubismo, expressionismo, surrealismo.
e) Apesar de certas ousadias, sua prosa não rompe, no fundo, nenhum molde convencional.

20. (UFPA) O poema “Os Sapos”, de Manuel Bandeira, contém uma crítica à escola:

a) modernista.
b) simbolista.
c) parnasiana.
d) realista.
e) literária.

21. (UFPA) Em fevereiro de 1909, Marinetti publicou na Europa um manifesto cujas idéias desencadearam o:

a) Dadaímo.
b) Futurismo.
c) Surrealismo.
d) Romantismo.
e) Simbolismo.

22. (MACK-SP) Assinale a alternativa que corresponde ao nome do autor de Paulicéia Desvairada:

a) Machado de Assis.
b) Fernando Pessoa.
c) Clarice Lispector.
d) Oswaldo de Andrade.
e) Mário de Andrade.

23. (CESESP-PE)
“Mundo mundo vasto mundo,
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma
                                  [solução.
Mundo mundo vasto mundo,
Mais vasto é meu coração.”

Nesta estrofe, o poeta:

a) deixa claro que desejaria mudar de nome.
b) declara que seu nome é sonoro por causa da rima.
c) afirma que a questão central não é o nome e sim a sua origem.
d) tem dúvida quanto ao tamanho do seu coração.
e) sugere que a atividade poética não consiste em “fazer rimas”.

24. (UFPB) A preocupação com o nacionalismo marcou dois movimentos da literatura brasileira: em um, acentua-se um nacionalismo ufanista; em outro, tem-se o nacionalismo crítico, contestatório.

Esses movimentos são, respectivamente,

a) Arcadismo – Romantismo.
b) Romantismo – Modernismo.
c) Arcadismo – Modernismo.
d) Romantismo – Arcadismo.
e) Modernismo – Romantismo.

25. (UFPA) “É certo que desde que me pus na fadiga de escrever brasileiramente, não fiz caricatura nem pândega. Todas as manifestações do brasileirismo linguístico que empreguei, empreguei sinceramente,não pra fazer comicidade nem mostrar burradas de incultos”.
(Mário de Andrade)

O trecho citado manifesta a busca de um ideal linguístico capaz de criar uma estética libertária em que arte e vida estivessem associadas na expressão de um Brasil vivo e diversificado.

Trata-se da estética:

a) romântica.
b) parnasiana.
c) realista.
d) modernista.
e) simbolista.

___________________________________
 GABARITO 

01 - C /02 - A /03 - D /04 - C /05 - E /06 - B /07 - A /08 - D /09 - A /10 - B /11 - D /12 - C /13 - C /14 - B /15 - B /16 - E /17 - C /18 - C /19 - D /20 - C /21 - B /22 - E /23 - E /24 - B /25 - D

Um comentário: